Estamos a poucos dias de 2016 e, como o novo ano, novas metas são criadas por todos nós, principalmente relacionadas à prática de exercícios físicos.  Mas nem sempre essas metas são levadas até o fim, grande parte das promessas do início não chegam nem até a metade do ano. Aprenda de maneira simples como transformar sua preguiça em motivação e não ficar apenas nas promessas de ano novo.

 

 

 

 

A rotina agitada do dia a dia traz preocupações com o trabalho e a família e, são tantas responsabilidades, que apenas 24 horas é pouco para dar conta de tudo. E ainda sentar no sofá e assistir TV parece ser é a melhor opção.

Mas não pense que você o único que acaba perdendo a motivação, dezenas de estudos realizados ao longo dos últimos trinta anos, mostram que mais da metade das pessoas que começam um programa de exercícios abandonam dentro de um ano.

assistir tv

Então isso significa que estamos todos fadados ao sedentarismo? Ou ainda há uma luz no fim do túnel?

A solução pode ser mais simples do que você imaginava, através de um processo chamado de “temptation bundling” (em português seria algo como agrupar a tentação). Desenvolvido por Katherine Milkman, uma professora especialista em economia comportamental.

 O que de fato é o Temptation Bundling

Temptation bundling não é nenhuma técnica milagrosa, e sim, um estudo realizado por pesquisadores da Wharton School da Universidade da Pensilvânia.

O método surgiu quando Katherine Milkman, percebeu que precisava de uma motivação a mais para frequentar a academia. Foi então que ela decidiu usar o seu passatempo preferido, ouvir audiolivros, apenas durante os seus treinos.

Como resposta à tentativa, Katherine passou a se exercitar cinco vezes por semana. Com um resultado tão satisfatório, ela decidiu testar se o método também poderia funcionar em outras pessoas.

 A fase de testes

treino academia

Foram convidados 230 alunos voluntários que tinham as mesmas dificuldades de seguir com os seus treinamentos, assim com Katherine Milkman. Eles foram divididos em três grupos.

O primeiro grupo recebeu audiolivros para ouvir durante os treinos, porém eles somente poderiam ouvi-los quando estivessem na academia. O material com o áudio também foi dado ao segundo grupo, mas eles teriam a liberdade de escolher, pois neste caso, apenas foi recomendado que ouvissem o audiolivro durante o treino.

O terceiro grupo não recebeu o audiolivro. Para eles seria dado um atestado de presença nos dias em quem fossem à academia.

Sete semanas depois, Katherine descobriu que os alunos que tiveram o melhor desempenho pertenciam ao grupo 1, sendo 29% melhor que o grupo 2 e 51% melhor que o grupo 3.

“Mas eles não estavam ouvindo a Guerra e Paz “. Estes livros foram pré-classificados como viciante. Então você tinha livros como O Código Da Vinci, A Supremacia Bourne e Jogos Vorazes. Eles foram ganchos”. Segundo Katherine, o efeito motivacional foi ainda mais eficaz quando o agrupamento foi retido entre as sessões de treino, ao invés de ser autoimposta.

Para Katherine, o estudo mostra que o simples ato de agregar exercícios a algo que você gosta, como ouvir um audiolivro, por exemplo, pode aumentar a força de vontade dos participantes para seguir um regime de treino.

Apesar da tática de usar audiolivros como isca ter dado certo, você pode substituí-los se quiser. O experimento de Katherine pode ser aplicado nas mais variadas situações, desde que você siga dois passos simples, veja:

 

1. Escolha algo que gosta de fazer

Você pode escolher um hobby ou até mesmo um hábito alimentar. Por exemplo, você pode definir que só irá ouvir a sua banda favorita durante o treino, ou que só comerá chocolate enquanto estiver fazendo uma caminhada. Esse tipo de atitude funcionará como uma “regra”, que atuará como um incentivo para realizar a atividade física que precisa naquele momento, além de proporcionar mais prazer durante a execução do exercício.

 

2. Divida a responsabilidade com alguém

É normal que você tente sabotar o método, já que ele será feito você mesmo. Mas para não cair em tentação e deixar Temptation bundling de lado, peça ajuda de um amigo. Ele deverá ter o controle de algum título que você goste e, só poderá devolvê-la quando você tiver completado a sua “tarefa”. A ideia é que responsabilidade e desejo passem a ter a mesma importância e deixem de ser coisas divergentes.

Por mais que você comece o ano cheio de energia, o grande desafio é manter a motivação durante o resto do ano. O método Temptation bundling, pode ser seu grande aliado basta começar e não desistir.

 

Você também poderá gostar de 7 dicas para fugir do sedentarismo dentro do trabalho.