Muito se fala sobre a necessidade de “aquecer os músculos” antes de praticar atividade física. Grande parte das pessoas acaba confundindo aquecimento com alongamento, encarando as duas práticas como sinônimos, quando na verdade os atos de alongar e aquecer tem objetivos bem diferentes. Tome cuidado! Essa confusão pode comprometer o seu treino de corrida e levar às temidas lesões musculares.

 

OS BENEFÍCIOS DO AQUECIMENTO

 

Bicicleta ergométrica e esteira são alguns recursos que podem ser utilizados na prática do aquecimento.

Bicicleta ergométrica e esteira são alguns recursos que podem ser utilizados na prática do aquecimento.

O aquecimento é necessário para otimizar o treino e preparar o corpo para o exercício, aumentando a temperatura corporal e a frequência cardíaca, além de garantir que as articulações suportem o esforço. Os exercícios de aquecimento devem ser leves, sempre feitos antes do alongamento.

Aquecer é uma ação importante para várias funções corporais, principalmente quanto ao metabolismo e à precisão dos movimentos.

 

O AQUECIMENTO IDEAL

Todas as atividades físicas exigem aquecimento. O que muda são as partes do corpo que merecem atenção especial.

O tipo de aquecimento mais adequado varia de acordo com o exercício físico. Confira algumas sugestões:

CORRIDA – Comece caminhando ou correndo em um ritmo mais lento para acostumar o corpo. Após cerca de 15 minutos, aposte em movimentos repetitivos que trabalhem braços, quadris, pernas e tornozelos;

• CICLISMO – A dica de trabalhar os membros inferiores, como pernas e calcanhar, também vale para os ciclistas. Comece pedalando mais devagar que o habitual.

NATAÇÃO – Dê algumas voltas em ritmo lento ao redor da piscina. Uma vez que se sinta aquecido, movimente os ombros para evitar lesões nas articulações.

 

IMPORTÂNCIA DO ALONGAMENTO

 

Séries de alongamento devem trabalhar todos os grupos musculares do corpo, da cabeça até os pés.

Séries de alongamento devem trabalhar todos os grupos musculares do corpo, da cabeça até os pés.

Como o próprio nome entrega, o alongamento é uma série de movimentos para melhorar a elasticidade máxima do corpo, “alongando” os músculos, com o objetivo de prevenir lesões, cãibras e distensões. Se feita de forma correta, a atividade irá aumentar velocidade, agilidade e força do corredor.

O que pouca gente sabe é que o alongamento pé-treino deve ser realizado depois do aquecimento. Ambos têm papéis importantes para evitar lesões, logo, um não deve substituir o outro. Lembre-se que os exercícios para alongar feitos antes da corrida devem ser mais leves para não prejudicar a qualidade da atividade física. Depois de correr, invista em uma série de alongamentos mais completa. O objetivo da sessão pós-treino é relaxar os músculos, sempre obedecendo os limites do corpo, que são diferentes para cada pessoa.

 

DICAS PARA ALONGAR CORRETAMENTE

O alongamento feito de forma incorrera poderá dar origem a uma série de lesões musculares.

O alongamento feito de forma incorrera poderá dar origem a uma série de lesões musculares.

Para relaxar e realmente fazer o treino render mais, é importante alongar da forma correta. Veja alguns truques para melhorar a sua sessão de alongamento:

• ENCONTRE A POSTURA IDEAL. A coluna não deve doer e nem causar incômodo ou desconforto durante a prática do alongamento;

RESPIRE CORRETAMENTE. A respiração deve ser lenta e profunda, contribuindo para o relaxamento muscular;

• COMECE PELOS MÚSCULOS PRIMÁRIOS. Para atingir melhores resultados, comece pela musculatura superior das costas e peitoral, seguindo para a musculatura posterior das coxas e glúteos, já que esses são os músculos que mais participam dos movimentos.

O importante é lembrar que o aquecimento e o alongamento são complementares e essenciais para resultados positivos após a corrida.