Começo do ano. Essa é a época ideal para você realizar exames médicos e saber como realmente está seu corpo para então começar os seus treinos de corrida. Isso é de extrema importância, pois só assim você pode definir qual o nível de treino você está realmente preparado, sem forçar nenhuma parte do seu corpo, e assim evitando futuras lesões.

Exames de Rotina

O ideal, é além dos exames básicos necessários para praticar corrida, que são: cardiovascular, metabólico e biomecânico, é importante realizar, pelo menos uma vez ao ano, outras avaliações, como a ficha nutricional, que irá ajudar o seu nutricionista a montar um cardápio mais adequado para você.

As avaliações fisiológicas recomendadas aos praticantes de corrida são:

  • Composição Corporal (Estimativa do percentual gordura, músculos e do peso ósseo);
  • Avaliação da Flexibilidade;
  • Determinação do VO2máx (ventilometria);
  • Potência Anaeróbica (teste de Wingate em cicloergômetro);
  • Determinação da força (Dinamômetria e Plataforma de impulsão);

O novo cardápio e os treinos deverão montados em cima do resultado e da recomendação de um cardiologista, um ortopedista e um nutricionista. Levando também em consideração o objetivo de cada pessoa.

Ter os exames de rotina em dia faz com que você possa correr seguro e sem maiores preocupações. Procurar o médico somente quando já está sentindo alguma dor ou incomodo é um grande erro, pois uma lesão muitas vezes pode ser evitada.

cardiomed-corrida

Iniciantes

Para iniciante os exames são ainda mais indicados, já que ele não conhece o limite do seu corpo. Ou seja, antes de iniciar os treinos, procure um médico especializado para fazer uma avaliação inicial de rotina, para só então começar a correr, dentro de suas limitações, para evitar possíveis lesões mais graves no futuro.

Assuntos devem ser abordados durante sua consulta de rotina:

  • Tabagismo
  • Obesidade (como está seu IMC- Índice de Massa Corporal
  • Hipertensão
  • Diabetes
  • Nível de atividade física
  • Dieta e consumo de bebidas alcoólicas
  • Níveis de colesterol
  • Osteoporose (especialmente em mulheres a partir dos 65 anos)
  • Vacinas
  • Depressão
  • Medicamentos de uso contínuo

Para atletas de alto nível, ter um acompanhamento médico constante também é imprescindível, já que assim é a melhor maneira de prever o quanto pode e pretende evoluir durante o ano e quais provas ele estará apto para correr.Atletas de alto nível

Veja na lista abaixo todos os exames recomendados para cada nível de praticante:

cardiomed-exame-de-rotina-lista completa

De acordo com o resultado de todos os exames, e com o objetivo de cada um, o treino e a dieta podem ser devidamente montados, para que assim o atleta tenha o rendimento que deseja. Sendo assim, aproveite o início do ano e faça já os seus exames de rotina, para que assim você possa correr tranquilamente. E lembrando que qualquer opinião, dúvida ou sugestão, deixe aqui seu comentário!