Muitas pessoas estão seguindo dietas que cortam totalmente os carboidratos do cardápio por serem muito engordativos, mas a verdade é que essas dietas podem ser perigosas. O consumo controlado de carboidratos é essencial para uma vida saudável.

Tipos certos de carboidratos

É possível comer carboidratos e mesmo assim não engordar, basta entender como funciona o seu consumo e quais são os tipos ideias de carboidratos que você pode ingerir. Podemos dividi-los em dois grupos, sendo eles simples ou complexos. Confira a definição de cada um:

Carboidratos simples: Os carboidratos simples são metabolizados pelo organismo muito mais rápido do que os complexos, sendo uma fonte de energia quase que imediata. Dentro desse grupo está o arroz branco, pão, balas, refrigerantes, biscoito e entre outros. Por serem absorvidos rapidamente, aumentam a taxa de glicose no sangue e causam fome logo após a refeição, por isso não é recomendado consumir carboidratos simples em excesso.

Carboidratos complexos: Os carboidratos complexos são o tipo ideal de carboidrato que deve ser consumido. A absorção pelo organismo é muito mais lenta que os simples, o que causa a sensação de saciedade e evita lanches rápidos após a refeição. Além de evitar refeições fora de hora, os nutrientes presentes nesses alimentos são absorvidos em uma quantidade muito maior do que os carboidratos simples. Pelo processo de digestão ser lento, a energia fornecida dura por muito mais tempo e limita a quantidade de açúcares que é convertido em gordura, ajudando no emagrecimento se o consumo for acompanhado de atividades físicas. Neste grupo encontramos arroz, pão e massas integrais.

Agora que você sabe a diferença entre carboidratos simples e complexos, pode começar a seguir uma dieta mais saudável e que invés de engordar, irá lhe auxiliar no emagrecimento de forma saudável.

Como seguir uma dieta com carboidratos complexos?

carboidratos complexos

É possível seguir uma dieta com carboidratos e mesmo assim emagrecer de forma saudável, basta saber quais alimentos você pode incluir no seu cardápio:

É possível seguir uma dieta com carboidratos e mesmo assim emagrecer de forma saudável, basta saber quais alimentos você pode incluir no seu cardápio:

  • Pão integral;
  • Aveia;
  • Frutas com casca;
  • Barras de cereais;
  • Massa integral;
  • Arroz integral;
  • Batata doce;
  • Grãos em geral;
  • Feijão, lentilha e grão de bico;
  • Verduras;
  • Amaranto, centeio, linhaça

Esses são alguns dos alimentos que fornecem energia e podem ser incluídos no seu dia-a-dia. É importante saber também quais os alimentos que devem ser evitados nas refeições:

  • Massas
  • Arroz branco
  • Doces
  • Alimentos processados
  • Açúcar de mesa
  • Refrigerante
  • Pipoca
  • Pão branco
  • Farinha branca
  • Chocolate
  • Bolos
  • Cereais matinais

Claro, você não precisa cortar totalmente esses alimentos da sua dieta, mas se quiser emagrecer de forma saudável, o ideal é que você evita os presentes nesta lista ao máximo. Ingerindo muitos carboidratos simples você corre o risco de desenvolver doenças como diabetes devido ao ciclo vicioso que causa no corpo.

O carboidrato simples é ingerido, ocorre um pico de energia e açúcar, o corpo libera insulina, o açúcar em excesso é armazenado, o nível de açúcar no sangue fica baixo e você sente fome de novo. Esse processo acompanhado da falta de exercícios físicos pode resultar em uma perda de sensibilidade do corpo com a insulina, correndo o risco de desenvolver a diabetes, uma doença grave, mas que pode facilmente ser prevenida.

Os perigos de cortar os carboidratos

Perigos do corte de carboidrato

Cortas os carboidratos da dieta pode desencadear uma série de problemas, conheça os riscos que você está correndo ao eliminar o seu consumo.

Falta de energia: Os carboidratos fornecem energia para o corpo, se você os cortar da sua dieta sentirá desanimo, cansaço excessivo, dores de cabeça e tonturas. Isso ocorre, pois, o organismo necessita de energia para realizar os processos básicos, como manter o cérebro funcionando corretamente. Se você diminuir ou cortar o consumo de alimentos que dão energia, seu corpo irá diminuir a metabolização, economizando calorias e não as queimando.

Problemas no rim e fígado: Normalmente, as dietas que envolvem o corte de carboidratos o substituem por proteína, essa troca pode sobrecarregar os rins e o fígado, deixando seu corpo sujeito ao desenvolvimento de cálculos renais. A sobrecarga de proteínas também faz com que circule no sangue corpos cetônicos, ureia e nitrogênio, deixando o mais ácido. O corpo para combater a acidez resgata cálcio dos ossos, podendo levar a doenças como osteoporose.

Os músculos sofrem: A dieta sem carboidratos leva o corpo a buscar energia de outro lugar. O glicogênio presente nos músculos é utilizado, o que causa a perda de massa magra e preserva a gordura, perdendo força e desacelerando o metabolismo. Isso até pode ocasionar o emagrecimento, mas de forma ruim e nada saudável, já que a composição corporal será a maior parte de gordura.

Colesterol: O consumo excessivo de carnes e laticínios que é ocasionado nas dietas que substituem o carboidrato pode levar ao aumento do colesterol e consequentemente a problemas relacionados a ingestão de muita gordura, como problemas cardiovasculares.

Alimentação saudável e exercícios

boa alimentação e exercícios

Como você pode perceber, os ricos de cortar os carboidratos ou ingeri-los de forma errada pode resultar em diversos problemas, o ideal é seguir uma dieta saudável e equilibrada acompanhada de uma rotina com atividades físicas.