As vezes, empolgados com os treinos e na ansiedade de evoluir, esquecemos dos cuidados necessários para não se machucar. Frequentemente as pessoas confundem dores musculares com lesões, e tratam da forma errada. As fraturas por estresse são lesões comuns por excesso de treino e podem levar muito tempo para cicatrizar completamente.

Aumento muito rápido de intensidade, volume ou tipo de treino – até mesmo troca de calçado, tipo de piso – todos esses fatores contribuem para desencadear fissuras microscópicas nos ossos. Para ilustrar, imagine dobrar várias vezes um clip de papel: quando dobrado várias vezes, tende a se romper.

Como evitar:

fazer alongamentos para construir mais força muscular nos pés.

– Principalmente as mulheres, aumentar a ingestão de cálcio e vitamina D, mas sob orientação médica;

– Aumentar progressivamente o treino, aos poucos: começar por treinos em dias alternados, para então aumentar 10% do treino a cada semana.

– Utilizar equipamentos adequados e de qualidade: tênis de acordo com a pisada, com amortecedores de impacto de acordo com a modalidade.

– Dê o tempo de descanso para o corpo. Em caso de dor, repouse e suspenda o treino. Se persistir, procure um ortopedista.