ceia-mais-saudavel

Para quem deseja viver uma vida saudável por meio da alimentação, o momento da ceia de Natal pode ser um grande inimigo, já que a maioria das receitas costumam contar com muitas calorias e exagerar no prato torna-se um costume. Mesmo para quem ainda não vive a realidade de uma alimentação saudável, uma ceia de fim de ano sem exageros pode realmente ser uma alternativa recompensadora. Com a chegada de uma das datas mais especiais do ano, que tal seguir essas dicas para comemorar com mais saúde?

Aposte nas frutas e sementes

frutas-e-sementes-na-ceia

Alimentos naturais como as castanhas, avelãs, nozes e amêndoas, já consumidas durante a época de Natal, são uma ótima aposta para a ceia, já que possuem propriedades como selênio, antioxidantes e outras que regulam os níveis de colesterol.

Mas, mesmo com essas qualidades, não dá para exagerar. Já que são alimentos bem calóricos, que podem prejudicar a saúde se consumidos em excesso.

Outras apostas são as frutas, que enriquecem o banquete com vitaminas, antioxidantes e outras propriedades benéficas para a saúde do corpo e da mente. Seja como aperitivos, sobremesas ou até mesmo mescladas às receitas, as frutas não podem ficar de fora no fim de ano.

Opte pelo peru

escolha-o-peru

Entre as carnes servidas na ceia, como a carne de frango e pernil, o peru ainda é a mais magra e saudável. Mesmo assim, não deve ser consumida em excesso e é preciso ter um cuidado especial com a pele da carne, que acaba possuindo mais colesterol.

De novo, junto do peru, é possível adicionar vários alimentos ricos em nutrientes como as verduras, leguminosas e frutas, para aprimorar a receita com nutrientes e ajudar na digestão.

Escolha apenas um carboidrato

escolha-um-carboidrato

Durante a ceia, é muito comum encontrar inúmeras opções de carboidratos, como massas e arroz especial, por exemplo. Em vez de consumir e misturar esses vários pratos, procure consumir apenas um dentre eles.

Isso porque, com o alto teor de carboidrato, o número de calorias consumidas é certo e, claro, com o período de descanso do Natal, é muito difícil exercer atividades físicas. Então, as gorduras acabam se acumulando no corpo, antes carboidratos e energia não gastos.

O panetone

panetone

O panetone é um dos símbolos do Natal. É muito difícil encontrar uma família que não consuma esse alimento durante o período de final de ano. O único problema é que, graças aos seus condimentos, ele acaba sendo uma opção doce não muito natural dentro do mix de alimentos do Natal.

Não é que ele faça mal, mas existem opções mais saudáveis para eles, como os bolos feitos em casa, por exemplo. Além disso, ainda temos o chocotone, alimento ainda mais calórico que o anterior. Ele pode até ser muito mais gostoso, mas também não muito saudável.

E para beber?

beber-no-natal-sem-engordar

A bebida é um elemento muito importante da ceia. Famílias diferentes optam por bebidas diversas na ceia de Natal. Nesse caso, o álcool pode ser considerado um inimigo da saúde, muito apesar de não haver problemas no consumo moderado de vinhos e champanhes, contanto que se beba água entre as doses da bebida.

Os famosos refrigerantes configuram como outros inimigos da saúde no momento da ceia, já que são extremamente ricos em açúcar e calorias. Então, os sucos naturais são deliciosos e não deixam de ser ótimos pedidos para manter a saúde.

Aproveite a família

aproveite-a-familia

Existe alguma coisa mais saudável do que ficar junto com a família? Em meio à montagem da ceia, que costuma tirar certo tempo, não se pode deixar de curtir o momento com quem você ama e aproveitar o momento de união de todos.

Brinque com as crianças, ame e se divirta. O Natal é saudável, é tempo de ser feliz: é o que dizem.